Práticas Corporais Chinesas

As práticas corporais chinesas se diferenciam de exercícios ou ginásticas ocidentais, pois possuem uma lógica diferente de concepção e objetivo. Elas buscam equilibrar o Yin e Yang, os Cinco Elementos e os Meridianos por onde circula o Chi, utilizando o conhecimento corporal, os movimentos, a respiração e a consciência para atuar neste equilíbrio. Desta forma, essas práticas estimulam o autocuidado através do conhecimento do próprio corpo, emoções, mente e energia, e dos processos que levam à saúde ou ao adoecimento.

 

De forma geral, as práticas corporais podem ser chamadas de Chi Kung ou Qi Gong, o que pode ser traduzido como trabalho com a energia. Entre essas práticas existem técnicas mais simples que podem ser aprendidas rapidamente, e técnicas mais complexas, que exigem conhecimento de parte da teoria da medicina chinesa, exigindo mais tempo para serem assimiladas e executadas de forma correta.