Fonoaudiologia – Adulto e Infantil

-Crianças que demoram para falar.
- Crianças que falam errado ou não conseguem falar alguns sons.
- Crianças com dificuldade de aprendizagem escolar abrangendo: dificuldade motora para a escrita; trocas, omissões ou inversões de letras na escrita; dificuldades na leitura e elaboração de redação.
- Crianças que respiram constantemente pela boca.
- Pessoas com alterações na oclusão dentária, que mastigam com a boca aberta, fazendo barulho e "jogando" a língua para frente ao deglutir ou falar.
- Pessoas que apresentam alterações no ritmo da fala ou gagueira.
- Pessoas com alterações vocais ou que utilizam a voz como instrumento de trabalho. (professores, cantores, etc) (orientação vocal).
- Pessoas com problemas neurológicos que interferem na deglutição, voz, fala e linguagem, alterando a comunicação. (AVC, Síndromes genéticas, paralisia cerebral, entre outros).
- Portadores de deficiências motoras e mentais que trazem alterações no desempenho global e comunicativo.
- Fonoaudiologia estética da face.